Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Novos Baianos’

Anúncios

Read Full Post »


Luiz Galvão, um dos integrantes dos “NOVOS BAIANOS”, grupo que marcou presença significativa na música popular nos anos 70, vem apresentar um espetáculo com música, poesia, e esquetes teatrais com a direção artística de Jackson Costa , direção musical de Káshi Galvão e Didi Gomes, com participacao de Ze Costa, Pietro leal, Pedro Ponde e sol Pequena.

Read Full Post »

Levando meu filho Peu ao aeroporto para seu embarque rumo a Los Angeles, e passando um filme na minha cabeça dos Novos Baianos e de como estávamos musicalmente preparados para ganhar a América ,Carmirandar mostrando o valor dessa gente bronzeada de samba no pe e olho  no choro mas ta tudo ai, o tempo e hoje os filhos estão se preparando e dando continuidade, o jogo ainda ta rolando e o Juiz e o mestre. Boa sorte Peu Marque gols de Placa. volte para  a temporada de Poesia a Língua de Deus e minha , porque o mundo nao e uma Bola que estreia em  10 de Junho em Juazeiro minha terra Bahia, nos festejos dos 80 anos de João Gilberto.

Read Full Post »

Filhos de João, de Henrique Dantas, venceu o In-Edit 2011, e vai a Barcelona no maior festival do mundo de documentários musicais
Fico feliz com a noticia desse trabalho que vem ganhando o mundo , contando essa  historia onde  eu faco parte , a foto  de um momento filmada la em casa , meu filho Kashi pequeno, hoje com vinte e um anos guitarrista da banda do espetaculo POESIA A LINGUA DE DEUS E MINHA, PORQUE O MUNDO NAO E UMA BOLA, dirigido por Jackson Costa, pronto tambem para girar pelo mundo
O filme Filhos de João, do cineasta baiano Henrique Dantas, foi o grande vencedor do Festival In-Edit Brasil 2011 e agora vai representar a produção cinematográfica brasileira na versão internacional do festival, que acontece em Barcelona (Espanha) entre os dias 28 de outubro e 7 de novembro.

Nos três anos de In-Edit Brasil, essa é a primeira vez que uma produção baiana ganha o prêmio do festival que reúne documentários musicais inéditos no circuito comercial e que este ano aconteceu nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. O filme, que relata a trajetória da banda Novos Baianos, encerra sua participação em festivais da mesma forma que começou: vencendo.

Em 2009, quando estreou no Festival de Cinema de Brasília, o filme de Henrique Dantas ficou com o prêmio do Público. “Agora, a pouco mais de dois meses da entrar em cartaz no circuito comercial, vencemos outra vez. Isso é muito gratificante”, conta o cineasta baiano.

Os Filhos de João mostra a influência de João Gilberto na formação musical dos Novos Baianos, grupo que foi sucesso nacional absoluto nos anos 70 com hits como “Preta Pretinha”, “Brasil Pandeiro” e “Acabou Chorare”. Desde que foi exibido a primeira vez, o documentário já percorreu dezenas de festivais e amostras no Brasil e no exterior e, em breve, estará nas telonas de 10 capitais brasileiras para o público em geral.

“A data para a estreia do filme em circuito comercial ainda está sendo discutida com a distribuidora, mas certamente se dará entre julho e agosto deste ano”, garante Henrique Dantas.

Página do filme baiano no festival: http://in-edit-brasil.com/2011/archives/2057

Read Full Post »

Aniversario

Hoje, dia em que estou inteirando setenta e quatro anos com disposicao do menino correndo com a bola,  recebendo os amigos , arrodeado dos meninos, da musa , chegando de Juazeiro onde recebi o amor de meu povo e bebemos da agua do mesmo saofraciscano rio por onde sempre navego.de encontro com a Poesia  Lingua de Deus e Minha, feito Show que estrearemos dia 17 de junho no Teatro do Irdeb Salvador-Ba e depois desaguando por esse mundao .

Para facilitar o entendimento daquele tempo vivido pelos Novos Baianos, tenho que falar desse assunto complexo e em choque com a área irreal em que atua a sociedade, ou o infantil, preconceituoso e oficioso pensamento de quem se arvora dono da palavra mas, sem grau para tal. As transformações da individualidade de um ser humano, como no meu caso, que passei anos para chegar a essa compreensão de hoje ainda pequena para onde quero chegar.. O que venho aprendendo nesse delicado assunto é que o bom exemplo é o primeiro passo para que o orientado aceite a orientação de alguém. Não adianta alguém pensar que porque sabe alguma coisa basta soltar o verbo para que todos que o ouvem possam receber o ensino passado. É preciso transmitir confiança para o alvo da mensagem. Os livros têm grande importância mas, do cotidiano nos faz desconfiar de soluções ditadas de cima para baixo. O melhor pra quem quer ensinar é se colocar no lugar de quem errou, para encontrar um grau de compreensão, e falar o que aquela pessoa precisa ouvir, e não o que o orientador quer dizer, e acima de tudo mostrar nas suas palavras por mais duras venham pitadas de amor, porque eu quando orientado olho bem esse detalhe. Com isso estou aprendendo que ouvir o outro e exercitar a paciência é o melhor remédio tanto para quem recebe a orientação como para o beneficiado em passá-la. Chego a imaginar que desejar o bem já é uma e fazê-lo, por mais que venha ser para quem recebe tenho quase certeza que melhor ainda é para quem o faz. Tenho recebido o bem e quero nunca esquecer a bondade de alguém para comigo. Ser solteiro é coisa pra adolescente e eu gostei tanto que fiquei naquela até os 47 anos mas, venho aprendendo que paciência se exercita mesmo é no dia a dia de um casal, porque conviver sob um mesmo teto requer a paciência se aproxima da de Jó mas, em compensação é um aprendizado de primeira linha.


Read Full Post »

« Newer Posts